Estranho no ninho…

Será que vocês conseguem encontrar o intruso em cada foto?

auau.jpg

crias.jpg

gatoelho.jpg

figura.jpg

muscle.jpg

japa.jpg

Copiei daqui. Sem remorsos. Usura não e estamos conversados. Parabéns ao Eupodia.

Anúncios

Iotti – 01 – Radicci

Carlos Henrique Iotti (Caxias do Sul, 1964) é um jornalista e cartunista brasileiro. É mais conhecido como o criador do personagem Radicci.

Aos dezesseis anos procurou fazer carreira com o desenho e, depois de concluir o curso de Jornalismo na UFRGS, criou os primeiros personagens. Em 1983, no jornal Pioneiro, nasceu Radicci, talvez o mais popular de seus personagens (depois veio a família do Radicci: a mulher Genoveva, o filho Guilhermino, o pai Anacleto e outros).

Radicci nasceu meio super-herói, mas acabou mudando, e encarnou o mais legítimo colono italiano. O personagem Radicci esteve em rádios, revistas, televisão e na Copa do Mundo. Em 1997 Iotti ganhou o HQ Mix, prestigiado prêmio de quadrinhos brasileiro. (Fonte: Wikipedia)

160.jpg

Veja mais do talento do Iotti aqui na sua webpage.

BOPE vs. Advogado…

Um advogado muito esperto, dirigia distraído quando, num sinal PARE, passa sem parar, mesmo em frente a uma viatura do BOPE.

Ao ser mandado parar, toma uma atitude de espertalhão.

Policial – Boa tarde. Documento do carro e habilitação.

Advogado – Mas porquê, policial?

Policial – Não parou no sinal de PARE ali atrás.

Advogado – Eu diminuí, e como não vinha ninguém…

Policial – Exato. Documentos do carro e habilitação.

Advogado – Você sabe qual é a diferença jurídica entre diminuir e parar?

Policial – A diferença é que a lei diz que num sinal de PARE deve parar completamente. Documento habilitação.

Advogado – Ouça policial, eu sou Advogado e sei de suas limitações na interpretação de texto de lei, proponho-lhe o seguinte: se você conseguir me explicar a diferença legal entre diminuir e parar eu lhe dou os documentos e você pode me multar. Senão, vou embora sem multa.

Policial – Muito bem, aceito. Pode fazer o favor de sair do veículo, Sr. Advogado?

O Advogado desce e é então que os integrantes do BOPE baixam o cacete, é porrada pra tudo quanto é lado, tapa, botinada, cassetete, cotovelada, etc.

Advogado grita por socorro, e pede pra pararem pelo amor de DEUS.

E o Policial pergunta:

Quer que agente PARE ou só DIMINUA ?

Mais uma daqui.

Preciso repetir?

Me obriguei a andar com a máquina a tiracolo pra capturar esse tipo de pérola…

Primeiro, por que um facão precisa ter na etiqueta “aplicação”???

Tudo certo na descrição: “FACÃO PARA MATO”, agora “Como o nome já diz serve para cortar mato” só pode ter sido elaborado por um grande FANFARRÃO…

facao-pra-cortar-mato.jpg

Queimando tudo…

Quatro caras sem noção zoam com os policiais federais na queima de 9 toneladas de maconha apreendida. Vídeo impagável do grupo Hoje é Bom.

A mãe do Popeye…

Cara de um, focinho do outro…

Éhhhhh… deixa eu ver… Ah! é daqui.

Angeli – 01 – Wood & Stock…

Arnaldo Angeli Filho, mais conhecido com Angeli, (São Paulo, 31 de agosto de 1956) é um dos mais conhecidos chargistas brasileiros.

Começou a trabalhar aos catorze anos na revista Senhor, além de colaborar em fanzines. Em 1973 foi contratado pelo jornal Folha de São Paulo, onde continua até hoje. Desde os anos 80, Angeli vêm desenvolvendo uma galeria de personagens famosos por seu humor anárquico e urbano; entre eles se destacam Rê Bordosa, os Skrotinhos, Wood & Stock, Bibelô, Walter Ego, Osgarmo, Los Três Amigos e o punk Bob Cuspe.

Lançou pela Circo Editorial em 1983 a revista “Chiclete com Banana”, um sucesso editorial (de uma tiragem inicial de 20,000 exemplares chegou a atingir 110,000), altamente influente e que contava com a colaboração de nomes como Luiz Gê, Glauco, Roberto Paiva, Glauco Mattoso e Laerte Coutinho. A Chiclete com Banana é considerada até hoje como uma das mais importantes publicações de quadrinhos adultos já editadas no Brasil. (Fonte: Wikipedia)

wood.jpg

Mais dele? Só se for agora… Clique aqui.