Piadinha infame…

Um coelho corria pela selva quando passou por uma girafa calmamente enrolando um baseado. Disse:

– Girafa amiga, não fume isso! Venha correr comigo para ficar em forma!

A girafa pensou durante 1 segundo, jogou o cigarro fora e seguiu o coelho.

Começaram a correr, quando avistaram um elefante cheirando cocaína. O coelho aproximou-se do elefante e disse:

– Elefante amigo, pare de cheirar isso e venha correr conosco para ficar em forma.

O elefante nem pensou duas vezes. Jogou o espelho fora e seguiu os outros dois.

Eles continuaram a correr sem parar, até que passaram por um leão encostado na árvore injetando heroína. O coelho olhou para o leão e disse:

– Leão amigo, não use mais isso.Venha correr comigo, com a girafa e com o elefante. Você verá o quanto entrará em forma.

O leão chegou perto do coelho e deu-lhe uma patada que arrancou a cabeça do coitado. Os outros animais ficaram revoltados.

– Por que você fez isso? – perguntou a girafa.

E o leão respondeu:- Esse filho da puta me obriga a ficar correndo feito um louco pela selva toda vez que toma ecstasy!

Anúncios

Piadinha…

Durante uma apresentação, um ventríloquo estava contando todo o seu repertório de piadas de loiras com o seu marionete Zequinha. De repente uma loiraça se levantou e começou a discursar:

— Já ouvi o suficiente das suas piadas denegrindo as loiras, seu idiota. O que o faz pensar que pode estereotipar as mulheres desse jeito? O que tem a ver os atributos físicos de uma pessoa com o seu valor como ser humano? São caras como você que impedem que mulheres como eu sejam respeitadas no trabalho e na comunidade, que nos impedem de alcançar o nosso pleno potencial como pessoa. Por sua causa e por causa das pessoas da sua laia, perpetua-se a discriminação, não só contra as loiras, mas contra as mulheres em geral…tudo em nome desse pseudo-humor!

Perplexo e envergonhado, o ventríloquo começou a se desculpar:

— Minha senhora, não foi essa a minha intenção…

E a loira, em tom raivoso, interrompe:

— Fique fora disso, meu senhor! Eu estou falando com esse rapazinho desprezível que está sentado no seu colo!

RÁ!

BOPE vs. Advogado…

Um advogado muito esperto, dirigia distraído quando, num sinal PARE, passa sem parar, mesmo em frente a uma viatura do BOPE.

Ao ser mandado parar, toma uma atitude de espertalhão.

Policial – Boa tarde. Documento do carro e habilitação.

Advogado – Mas porquê, policial?

Policial – Não parou no sinal de PARE ali atrás.

Advogado – Eu diminuí, e como não vinha ninguém…

Policial – Exato. Documentos do carro e habilitação.

Advogado – Você sabe qual é a diferença jurídica entre diminuir e parar?

Policial – A diferença é que a lei diz que num sinal de PARE deve parar completamente. Documento habilitação.

Advogado – Ouça policial, eu sou Advogado e sei de suas limitações na interpretação de texto de lei, proponho-lhe o seguinte: se você conseguir me explicar a diferença legal entre diminuir e parar eu lhe dou os documentos e você pode me multar. Senão, vou embora sem multa.

Policial – Muito bem, aceito. Pode fazer o favor de sair do veículo, Sr. Advogado?

O Advogado desce e é então que os integrantes do BOPE baixam o cacete, é porrada pra tudo quanto é lado, tapa, botinada, cassetete, cotovelada, etc.

Advogado grita por socorro, e pede pra pararem pelo amor de DEUS.

E o Policial pergunta:

Quer que agente PARE ou só DIMINUA ?

Mais uma daqui.